quinta-feira, 1 de abril de 2010

Shopping de limeira - SP

Esse é um assunto bastante crítico, muitas pessoas não vão estar de acordo com este post, principapalmente aquelas que se enquadrarem nos perfis que pretendo citar como estereótipo.
Primeiro vamos falar dos locais, todos que vivem nesta cidade sabem muito bem que não existe locais interessantes para serem frenquentados por jovens, por aposentados, por babacas desocupados, por rebeldes, punks, elfos, cavaleiros da tavola redonda e etc.
Sendo desta forma, formam-se grandes aglomerações de jovens em locais sem a menor graça, por exemplo o shoping da cidade, que é quase tão pequeno quanto o mercado municipal.
Ali podemos encontrar os mais divérsos tipos de desocupados, tem os desocupados massivos, aqueles que trabalham loucamente mas gostam de serem vistos como malandros desocupados, compram celulares caros, se vestem completamente iguais, tentam assumir uma posição de machista dogmatico e ainda pretendem seduzir as jovens garotas (e de fato conseguem algumas) que tambem são totalmente desocupadas, mas reclamam quando são assediadas, mesmo sendo evidente que ela usa decotes e frequenta o local apenas com o fim de ser assediada de fato.
Todas as semanas, incansavelmente, esse pessoal se aglomera loucamente no shoping, a parte interessante é que nenhum deles entra e permanece de fato dentro do shoping, eles apenas cercam o local e ali ficam aos montes.
Alem do primeiro tipo de pessoa citado, existem tambem aqueles que saem pouco de casa e estão loucos pra viver intensamente, esses aos poucos vão se encaixando com os outros e aderindo a essa grande massa, são akelas garotas virgens com pais superprotetores que se queixam de estarem perdendo a melhor parte de suas vidas e de fato estão prestes a perder aderindo ao movimento dos desocupados do shoping.
É estranho observar que todos eles tentam viver loucamente felizes mas são totalmente instáves e se queixam o tempo todo da vida, se queixam dos lugares, dos companheiros, da falta de companheiros e de lugares, dão suma importancia pra coisas completamente banais iniciando uma gigantesca alienação em massa.
Não senhores, não tenho 30 anos, não sou um babaca fofoqueiro, bem, talvez um pouco babaca, não tenho problemas pra me enturmar, na verdade detesto me envolver ou me sentir parte disso, porque não faço nada pra parecer agradável e agumas pessoas ainda me acham simpático e agradavel(?), só acho realmente uma pena essa coisa toda que acaba por ninguem entender absolutamente nada do que está fazendo com a propria vida...
é realmente uma pena...

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Lú, concordo em gênero número e grau.
    As pessoas, se reunem já com o intuito de reclamar de tudo. Nunca nada tá bom.
    Ai vc vai no shopping, pra comer ou pra qualquer outra coisa, e se depara com cada tipo, tipo do qual falo, é akela galera q se diz 'modinha' saka?
    Ngm sabe ao certo que rumo tá seguindo, oq está vestindo, com qm está andando, ahh mais isso não importa, ser POP e ser reconhecido pelos idiotas é oq interessa.
    Baaaaah, isso me cansa a beleza q naum tenhoO.

    Amo seus posts Lu, parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
  3. é, realmente, bando de povo descocupado :(
    e eu ia no shopping toda semana também, ein ^^ mas eu tenho o direito de me defender, então vamos lá: Naquela época o shopping não era BEM um shopping, não tinhas lojas, não tinha nada, só uma praça de alimentação com o Bob's e um restaurante que quase ningém entrava.. enfim, como não havia lojas, consequentemente não havia compradores, então so iam mesmo as pessoas que não tinham o que fazer. E eu ia a TARDE, ou seja, eu sabia que não era horario de pirralinha está na rua ^^ ãr. seaseuase
    Já hoje não.. o shopping apesar de ainda ser pequeno, ele está crescendo aos poucos, aumentando as lojas e por isso está indo mais compradores, mas parece que isso atrai desocupados também.E EU ME PERGUNTO O POR QUE, já que não vão pra comprar nem para comer, O QUE DIABOS FAZEM LÁ?? será que não percebem que são corpos, e corpos ocupam espaço? oO eles não vêem que muiitas pessoas vão para fazer comprar ou levar os filhos para brincar naquele mini playgound e que a presença deles lá só ATRAPALHA? eu acho realmente que eles não tem é bom senso, acho não, tenho certeza!!!

    ResponderExcluir
  4. Lulão, você está certo. Que bosta é ir ao shoppinge se depara com "modermanos". Onde você não consegue ir ao shopping assistir um filme, por quê? Tem muita gente lá que atrapalha. Onde você não pode ir comer algo, por quê? Tem as policias e que acham que você é da "modinha" deles lá... Adorei seu blog já de cara. Muita gente tem que escutar essas verdades (ou melhor, ler). Tá bem treta!

    ResponderExcluir
  5. hauhauhua isso ae lulão gostei do post...
    vc esta completamente certo, shopping de limeira é uma merda, cheio de modinhas, a maioria (homens só vai pra tentar sair com mulheres) e vc quer ir na boa sentar num lugar com seus colegas, contar piadas, dar risadas atoa...e tem um bando de inuteis q lotam o local...tirando sua paciencia te deixando extressado e com raiva.......e dai vc começa a odiar o local... pra mim local bom é o antigo xop's de domingo por volta das 13:00 Hrs....junta o pessoal, vamo la no estacionamento, embaixo das arvores, ninguem enchendo seu saco....ninguem ouvindo aquelas merdas de sons de musiquinhas da moda.... aquele ar gostoso, vc dando risadas e zoando o tempo todo, e ninguem pra olhar pra vc e pensar q vc é doido ou idiota... :p


    parabens man vou recomendar seu blog pra ver se algumas pessoas, passam a enxergar o q realmene é viver em paz consigo msm :p

    ResponderExcluir
  6. ´´o antigo shoping é realmente bom me admira ver o kelvin lendo os post do lulão ``

    ResponderExcluir